Reunião do CMDRS teve palestra sobre o câncer de próstata

Tamanho da fonte do texto: Maior (A+) | Menor (A-)

No início da tarde dessa quarta-feira (05/11) foi realizada mais uma reunião do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável (SMDRS), realizado no auditório municipal “Geraldo Campos”. O encontro que debate os problemas do campo no município é realizado em toda primeira quarta-feira do mês. Antes de discutir as questões e demandas do campo de cada um dos 40 Conselhos de Desenvolvimento Comunitários Rurais, os mais de 35 homens participantes ouviram uma palestra ministrada por Fernanda Silva (foto), enfermeira especialista em oncologia clínica do Hospital do Câncer “Dr. José Figueiredo”.

Na oportunidade, dentro das programações previstas no “Novembro Azul”, Fernanda Silva abordou para os presentes a importância da prevenção contra o câncer de próstata, que deve ser iniciada entre 45 e 50 anos por meio dos exames anuais de dosagem do PSA e toque retal. Ela orientou que apenas esses dois exames bastam para monitorar o surgimento do câncer de próstata, que é assintomático. “A prevenção é pelo diagnóstico precoce”, afirma, explicando que a resistência dos homens em procurar o médico para realizar os exames de rotina é um agravante, pois quanto mais cedo acontecer o diagnóstico, maiores são as chances de cura.

Sobre os fatores de risco, a especialista destaca o envelhecimento, uma vez que tanto as chances de desenvolver a doença, como a taxa de mortalidade, aumentam conforme a idade. “É um câncer mais tardio, costuma acontecer depois dos 45 anos a 50 anos”, explica. “A incidência é bastante alta. A estima em dados de autópsia é que aos 80 anos de idade, um em cada quatro homens já tenha câncer de próstata”, explica Fernanda Silva, ressaltando também que, a cada ano, são descobertos cerca de 68 mil novos casos da doença.  No entanto, os cuidados com a saúde não devem ser deixados somente para o momento em que os riscos aumentam. Fernanda salienta que os homens deveriam ser mais cuidadosos. “Fazer uma visita anual ao médico, até para fazer acompanhamento, tirar dúvidas, saber que exames devem ser feitos é muito importante”, orienta.

Doença silenciosa

O câncer de próstata, no começo, não causa sintomas – é uma doença de evolução lenta, que demora anos para desencadear. Quando os sintomas começam a se apresentar, geralmente já está em um estágio bastante avançado, diminuindo drasticamente as chances de cura.  “Temos a chance de achar ele muito tempo antes, se tiver feito os exames de prevenção”, finaliza a enfermeira em oncologia clínica do Hospital do Câncer de Patrocínio. Portanto, a realização dos exames anuais de toque e PSA a partir dos 45 para homens que possuam histórico familiar da doença, e dos 50 para os demais casos, é muito importante.

Interesse

Segundo Fernanda Silva, na oportunidade, foram tiradas dúvidas, enquanto alguns presidentes de conselhos demonstraram o interesse de que equipes do Hospital, possam colher o sangue para os exames de PSA nas próprias comunidades, proporcionando maior facilidades para o produtor. Gestão nesse sentido deve ser tratada nos próximos dias entre o presidente do CMDRS e Secretário Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento Flávio Guimarães com a direção do Hospital do Câncer.

Luiz Cabral/ASCOMHCP

Notícias relacionadas

Rotaract faz doação ao Hospital do Câncer Membros do Rotaract Clube Novas Gerações, presidido por Gabriel Gonçalves fizeram a doação de um ar-condicionado novo, no valor superior a mil reais. ...
Hospital do Câncer realizou palestra na Agro Belon... Preocupada com a saúde e o bem estar de seus colaboradores, a diretoria da Agro Beloni solicitou ao Hospital do Câncer de Patrocínio “Dr. José Figueir...
Hospital do Câncer prepara 16º Encontro de Folia d... O encontro, que deve reunir mais de 25 grupos de Folia de Reis da cidade e região, acontece no próximo dia 31 deste mês no restaurante do Parque de Ex...
CAP irá doar ao HC Patrocínio parte da renda do jo... Patrocinense vai repetir gesto solidário também nos próximos anos sempre que houver confronto contra um grande da capital O jogo CAP x Cruzeiro, no d...