Enfermeiras participam de palestra no Hospital do Câncer

Tamanho da fonte do texto: Maior (A+) | Menor (A-)

Como parte de uma das primeiras ações que serão desenvolvidas ao longo desse mês de outubro, o Hospital do Câncer de Patrocínio “Dr. José Figueiredo”, promoveu na sexta-feira dia 02/10 uma palestra de “Orientação de Exames de Papanicolau”, transmitida para um grupo de 23 enfermeiras e enfermeiros que atendem nas Unidades Básicas de Saúde da rede pública municipal. A palestra foi proferida pelo Dr. Mateus Campos de Siqueira, patologista cirúrgico do Hospital do Câncer que, destacou a importância e os cuidados necessários na hora de colher material nos exames de papanicolau.

Para a coordenadora de Atenção Primária de Saúde municipal Kelly Cristina Guimarães a Secretaria pretende desenvolver atividades especificas voltadas à saúde da mulher durante esse mês de outubro. “O evento foi programado já que os procedimentos de analises de exames citopatológicos serão realizados com o laboratório do Hospital do Câncer”, afirmou.

Na oportunidade, foi desenvolvida a palestra com orientações para melhor preservação do material colhido nos exames, reforçando necessários os cuidados sobre todo o material que é encaminhado para analises. “Com isso nos vamos garantir que o material coletado dessas mulheres vão chegar em boas condições para que possam ser analisados para que tenhamos resultados seguros para à assistência necessária em qualquer intercorrência mediante ao exame”, avalia Kelly.

Objetivos

Segundo a coordenadora Kelly, o objetivo principal é o de estar prestando um serviço de qualidade à comunidade, salientando que esse exame é de fundamental importância para o diagnóstico do câncer do colo do útero, com as orientações e a busca sendo feita pelos agentes de saúde comunitários nos domicílios, captando mulheres para a coleta nas Unidades Básicas de Saúde. “Quando esse material é coletado em quantidade e qualidade ele vem justamente atender as necessidades dos profissionais que fazem as analises dessas amostras. Informando a população de uma possível intercorrência em tempo hábil, poderemos garantir que o tratamento seja iniciado precocemente com maior garantia de sucesso e recuperação dessas pacientes”, afirmou.

Para o patologista Dr. Mateus Campos de Siqueira a palestra é realizada para afinar uma melhor comunicação entre os profissionais, sendo que o objetivo final é propiciar um melhor atendimento a população, oferecendo um exame de qualidade para o paciente, buscando um resultado “fidedigno” com uma padronização de procedimentos. Segundo Mateus, a prevenção sempre é o melhor caminho e tendo uma coleta de material bem feita os resultados dos exames serão conclusivos. “Não adianta termos o melhor laboratório de patologia e os melhores profissionais, se o material não é colhido e preparado com critérios, o que é feito na unidade de saúde pelo próprio profissional de enfermagem, que vai conversar com o paciente, se informar e oferecer um  material de forma adequada para que tenhamos os melhores resultados possíveis”, avalia Dr. Mateus.

Luiz Cabral/ASCOMHCP

Notícias relacionadas

Cigarros terão novas imagens de advertência Produtos fumígenos derivados do tabaco, como cigarros, charutos, cigarrilhas e fumos de cachimbo devem adequar embalagens até 25 de maio de 2018 A Ag...
Pessoas físicas, grupos de oração, escolas e empre... O Hospital do Câncer de Patrocínio comemora a solidariedade do povo patrocinense. O final de ano veio recheado de várias doações de pessoas físicas, g...
Proteção da pele deve ser intensificada no verão... Pelas características do clima no Brasil, na maior parte do tempo com temperaturas elevadas, o tumor de pele é o tipo mais comum de câncer no país. Co...