Brasileira cria chip capaz de detectar 18 tipos de câncer

Tamanho da fonte do texto: Maior (A+) | Menor (A-)

Débora Zanforlin, ( a primeira da esquerda para a direita)  natural de Caruaru em Pernambuco, criou um chip capaz de detectar 18 tipos de câncer. Através de um exame de sangue o chip criado pela brasileira mapeia marcadores sanguíneos liberados por células cancerígenas nos estágios iniciais da doença.              Este trabalho é mais uma importante adesão aos diagnósticos precoces dos pacientes. Hoje um diagnostico precoce aumenta as chances de cura para 70%.

O chip desenvolvido por Débora tem outro ponto importante. Ele é móvel. Pode ser transportado para qualquer lugar. Isso permite que cidades longe dos grandes centros possam ter acesso ao material. Recentemente a brasileira esteve em Stanford, na Califórnia, para apresentar o chip na competição internacional BioScikin, na categoria Life Science. O chip ainda está em fase de estudos, mas torcemos para que ele possa ser implementado logo. Ele representa um importante avanço para o diagnóstico do câncer e para a medicina do país.

Fonte Blog do Câncer/foto divulgação

Notícias relacionadas

HC Patrocínio agradece a todos que colaboraram com... Vocês foram muito importantes. Deus abençoe a todos!!! O Hospital do Câncer de Patrocínio agradece de coração a TODOS que tornaram possível a reali...
Carreta Mama-Móvel do Hospital do Câncer de Patroc... Já acontece na prática o atendimento pela Unidade Móvel do Hospital do Câncer de Patrocínio “Dr. José Figueiredo”, a toda a Região do Alto Paranaíba, ...
Assembleia Geral do HC Patrocínio detalha situação... Valor alto do extra teto coloca em dificuldades a entidade e HC Patrocínio pede apoio das autoridades para solucionar impasse; déficit anual é de R$ 6...
Carreta ‘Mama Móvel’ do HC Patrocínio ... Unidade fica até sexta-feira na cidade vizinha realizando exames gratuitamente às mulheres   A Carreta Mama Móvel do Hospital do Câncer de ...